Site Versão em Inglês Site Versão em Espanhol
 
Facedbook twitter YouTube

Multimídia » Clipping
 
 
QUINTA-FEIRA, 02 DE AGOSTO DE 2018 | 16:27
 
Brasil registra superávit comercial de US$4,227 bi em julho, abaixo do esperado
 
O Brasil registrou superávit comercial de 4,227 bilhões de dólares em julho, divulgou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) nesta quarta-feira, recuo de 32,7 por cento sobre igual mês do ano passado, afetado pelo aumento significativo nas importações.

O resultado também veio abaixo do superávit de 5,714 bilhões de dólares esperado por analistas em pesquisa da Reuters.

Em julho, as importações subiram 42,7 por cento sobre julho do ano passado, pela média diária, a 18,643 bilhões de dólares.

As exportações também avançaram, mas em ritmo muito mais lento. A alta foi de 16,4 por cento na mesma base de comparação, a 22,870 bilhões de dólares.

Nos primeiros sete meses de 2018, o saldo positivo das trocas comerciais soma 34,160 bilhões de dólares, recuo de 19,6 por cento sobre igual intervalo do ano passado.

"Como esperávamos e prevíamos no começo do ano, o saldo de 2018 deve ser menor em relação ao resultado de 2017 por conta da atividade econômica e de uma demanda maior por importação", afirmou o diretor de Estatísticas e Apoio às Exportações do MDIC, Herlon Brandão.

No ano, o ministério ainda prevê que superávit da balança comercial brasileira ficará no patamar de 50 bilhões de dólares, ante 67 bilhões de dólares de 2017.

Destaques
Em julho, as importações foram puxadas por um avanço expressivo dos bens de capital, que cresceram 239,8 por cento em relação ao mesmo mês do ano passado.

O MDIC informou que o movimento ocorreu principalmente pela compra de duas plataformas de petróleo no valor de 3,3 bilhões de dólares no mês.

As importações de bens intermediários também cresceram 22,3 por cento em julho, ao passo que o avanço em bens de consumo foi de 20,1 por cento e de combustíveis e lubrificantes, de 0,5 por cento.

Já no caso das exportações, a expansão em julho foi impulsionada pela alta de 48,3 por cento de produtos básicos, com destaque para as vendas de soja em grão (+53,4 por cento, a 4,1 bilhões de dólares) e de petróleo em bruto (+112,1 por cento, a 3,5 bilhões de dólares).

Por outro lado, houve queda nas vendas de produtos semimanufaturados (-11,8 por cento) e manufaturados (-6,2 por cento).

fonte: Udop, com informações da Reuters (escrita por Mateus Maia)
 
Mais recentes
 
SEXTA-FEIRA, 07 DE DEZEMBRO DE 2018 | 08:08
 
Corrente de comércio externo bate novo recorde
 
As exportações foram de US$ 20,9 bilhões em novembro
QUARTA-FEIRA, 05 DE DEZEMBRO DE 2018 | 08:10
 
Mercado vê menos inflação nos próximos anos, mostra Focus
 
A projeção para o índice em 2019 caiu a 4,11 por cento, ante 4,22 por cento há quatro semanas
SEGUNDA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO DE 2018 | 08:33
 
PIB da indústria sobe 0,4% ante 2º tri e avança 0,8% ante 3º tri de 2017
 
Na comparação com o terceiro trimestre de 2017, o PIB da indústria mostrou alta de 0,8%.
Confira todas as notícias
 
  
  

PEÇAS E COMPONENTES
Disponibilizamos através da Tba (www.tbatec.com.br) peças originais a pronta entrega, utilizadas em nossos equipamentos...
 
Se você tem Gascom,
você tem pós venda.

 

 
 
 

 
ß
 

® 2013 | Gascom Equipamentos Industriais | Todos os direitos reservados
Avenida Marginal Sérgio Cancian, 5293 | Sertãozinho | SP | Fone 16 2105-3622 | comercial@gascom.com.br
 
  » Inicial

» Empresa
    História
Localização
Clientes
» Produtos

» Serviços e Peças
    Assistência Técnica
Peças e Componentes

» Multimídia
    Notícias
Clipping
Sala de Imprensa
Eventos
» Contato
    Fale conosco
Solicite seu orçamento
Trabalhe conosco
Seja nosso fornecedor